sábado, 30 de maio de 2009

Obrigada.


Obrigada aos aborrecidos, asnos, insolentes. Às cabras, falsas, imorais. E a todos os filhos da puta demais. Obrigada à dor, à mágoa, à tristeza. À raiva, à fúria e à irritação. E a todos os outros sentimentos que nos roubam a razão.


Eu uso dar-vos a volta, deixo-vos a tentar perceber…
Àquele que se atreve a ser rude, há sempre um sorriso a retribuir. Cada um faz o que sabe melhor, se é que me faço entender…
Pisco o olho àquele pãozinho sem sal ;-( E perante a mistura de surpresa e falsa indignação: farto-me de rir!
Aos chicos espertos da vida, que proliferam neste nosso Portugal, esses que vivem na utopia de que são providos de certa astúcia, quando chegar a sua vez - de raiva se hão-de contorcer!


Saberias apreciar homens cheirosos se não houvesse ranhosos? Com que grandeza viverias as alegrias desta vida, se a certeza não tivesses que um dia morrerias? Que força teria um amor se a ele não estivesse associada uma certa dose de dor?


Porque meus amigos, se não fossem os antipáticos, mal cheirosos que empestam o nosso caminho, as bestas aos encontrões, as víboras a fazerem ninho, se de vez em quando não te fodessem o dia, se nunca recebesses uma notícia má ou nunca tivesses sido traída…como? Como é que darias valor a todo este sabor?



p.s. para o Forte não deixar reclamações nos meus comentário ... ó faxavor! ;-)

8 comentários:

  1. tem de haver sempre o mau para podermos dar valor ao bom,pena é que ás vezes seja em desproporção...loool
    bjs endiabrados e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Ajuda-nos a passar a ideia da Esterilização Obrigatória para os animais de estimação
    É importante, porque cada vez há mais cães e gatos pelas ruas abandonados
    temos um selo para colocares no teu blogue
    http://esterilizacao-o.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Escrever assim dá gosto, nao há amarras nem esterilizações, há coragem e verdade e sem medo.

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que há estúpidos para nós podermos brilhar!

    ResponderEliminar
  5. sonhos/pesadelos: se calhar às vezes também reparamos mais nas coisas más do que em cada raio de sol que nos entra pela janela

    forte: mimas-me demais...que bom - não desistas ;-)))

    Mamma Mia: já devia saber essa merda, né? fica prá próxima

    ResponderEliminar
  6. Este post foi citado tantas vezes hoje no meu blog que passei por aqui, gostei de te ler.

    ResponderEliminar